Páginas

sábado, 29 de novembro de 2014

Deputado George Soares garante emenda de 120 mil reais para Serra do Mel

Dep. Estadual George Soares (centro) sendo entrevistado no Programa Registrando 

Ver. Moabe Soares, Dr. Aldo, Dep. George soares, Genário, Prof. Roberto e Miguel Soares

O deputado George Soares anunciou hoje, 29, no Programa Registrando da Rádio Princesa do Vale em Assu/RN, uma emenda no valor de R$ 120.000 (cento e vinte mil reais) para o município de Serra do Mel/RN. 

A emenda foi solicitada pelo vereador Moabe Soares, para a construção da estrada vicinal entre as Vilas Minas Gerais (origem do vereador) e Pernambuco. As duas comunidades rurais estão distante apenas 4 quilômetros, mas, para se deslocar de uma a outra é necessário andar 15 quilômetros. O edil Moabe Soares defendeu em sua campanha, quando candidato, lutar pela construção desta estrada, e hoje, o deputado anunciou no programa de rádio e garantiu esta emenda atendendo não somente ao vereador, mas, a um desejo dos que precisam trafegar por estas vilas rurais.   

Durante o programa o deputado George Soares, prestou contas das suas ações parlamentar e das emendas de sua autoria para diversos municípios, ongs, associações, universidade, fundações, que foram contempladas com ações e emendas parlamentar do deputado George Soares.

"Mim sinto feliz ao concluir o primeiro mandato de deputado com a sensação do dever cumprido, reconheço que é preciso fazer muito mais, que o povo precisa mais de assistência, atenção e serviços básicos, mas, as ações deste deputado procurou amenizar e resolver situações e problemas no vale do Açu que vem melhorar a vida de todos nós, principalmente dos que mais precisam." Comentou o deputado George Soares.

"Tenho procurado como vereador buscar ações que melhorem a vida do povo da Serra do Mel. Tenho procurado os meus líderes, meus deputados e conversado sobre as nossas necessidades. Já garantimos recursos com o deputado federal João Maia para reformar a nossa unidade de saúde e hoje o nosso deputado estadual confirma a nossa solicitação, e está garantindo R$ 120.000,00 para aproximarmos as Vilas Minas Gerais e Pernambuco, um sonho que tenho desde criança, projeto que se tornará realidade em 2015." Falou o vereador Moabe Soares. 

Aprenda ou pague a prenda é o grupo campeã da I Exposição de Jogos Matemáticos da EEPJA

Grupo vencedor da I Exposição de Jogos Matemáticos da EEPJA

Os professores de Matemática do Ensino Médio da E E Pe José de Anchieta, Hildevean Ferreira e Amanda de Paula, realizaram ontem, 28 a culminância do Projeto da I Exposição de Jogos Matemáticos.

O projeto foi desenvolvido durante o mês de novembro e vem valorizar a criatividade, a atitude científica e inovação, contribuindo para a popularização da ciência através da construção de instrumentos científicos e tecnológicos e suas aplicações.

Na tarde de ontem mais de 50 projeto foram apresentados nas suas respectivas salas, participaram desta exposição todas as turmas do ensino médio regular do turno vespertino. A exposição iniciou as 14 horas e encerrou as 17 horas.

A I Exposição de Jogos Matemáticos foi avaliados por uma equipe de professores convidados - Roberto de Araujo, Francineide Lima, Francisco Batista, Lilian Figueiredo, Francisco Silvestre e Regiane Alves. Foram avaliados o relatório, o domínio do grupo sobre a exposição do jogo e a criatividade do mesmo.

A exposição foi visitada por alunos dos turnos diurnos e noturnos, ex-alunos, professores e pessoas da comunidade.

Foi eleito em primeiro lugar o grupo que expôs o jogo - Aprenda ou pague a prenda - com 78,2 pontos.

Em segundo lugar -  Baralhos das Frações - com 77 pontos.

E em terceiro lugar - Palito ao quadrado - com 74,2 pontos.

Os grupos foram premiados com R$ 100,00, R$ 50,00 e R$ 25,00, respectivamente, 1º, 2º e 3º lugar.

Parabenizamos a todos os estudantes participantes da I Exposição de Jogos Matemáticos da EEPJA, especialmente aqueles que venceram os três primeiros lugares.

Também está de parabéns os professores responsáveis pelo projeto e a equipe gestora e pedagógica pelo suporte dado ao projeto para que o mesmo se concretizasse.



UERN de Assú recebe equipamentos climáticos



O deputado estadual George Soares (PR) participou da cerimônia de entrega dos 31 ar-condicionados e suas instalações elétricas, na unidade da Universidade do Estado do RN em Assú, na noite desta sexta-feira, 28.

A obra é fruto do trabalho do deputado George na Assembleia Legislativa do RN que destinou uma emenda de 100 mil reais para a instituição de ensino modernizar sua estrutura, incluindo a biblioteca e todas as salas de aula, dando condições de melhor aprendizado aos universitários do Vale do Açu.

" É muito gratificante poder, através dessa emenda, melhorar a qualidade e o conforto do ensino para os professores e alunos, logo na comemoração dos 40 anos do Campus da UERN". Concluiu o Deputado George Soares.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Professores da EEPJA realizam hoje I Exposição de Jogos Matemáticos


Os professores de Matemática do Ensino Médio da E E Pe José de Anchieta, Hildevean Ferreira e Amanda de Paula, realizam hoje a culminância da I Exposição de Jogos Matemáticos.

O projeto que vem sendo desenvolvido desde o inicio de novembro vem valorizar a criatividade, a atitude científica e inovação, contribuindo para a popularização da ciência através da construção de instrumentos científicos e tecnológicos e suas aplicações.

Exposição
Os trabalhos serão expostos nas referidas salas de aulas dos estudantes. Serão organizadas em mesas de forma que possa haver possibilidades de observação dos visitantes.

Avaliação
A avaliação será composta por uma mesa de cinco jurados previamente selecionados pela instituição de ensino e a comissão organizadora.

Premiação
A premiação será realizada e distribuída da seguinte forma:
• Uma das notas (T.Ind. – T. Grup. – Aval.), na disciplina de Matemática para todos os grupos que 
participaram;
• Uma em dinheiro, para os três primeiros colocados, sendo assim distribuído:
1o Classificado: R$ 100,00;
2o Classificado: R$ 50,00;
3o Classificado: R$ 30,00.
• Divulgação dos grupos vencedores na Rádio Colegial

A abertura da exposição será as 13  horas e encerrará as 16:30 h. Em seguida será contabilizado os pontos dos grupos para divulgação dos ganhadores.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Governo anuncia 13º para 19 de dezembro

O Governo do Estado confirmou que irá fazer o pagamento da segunda parcela do benefício no dia 19 de dezembro. Neste caso, os servidores estaduais vão receber a parcela referente a 80% do valor total. Isso vai ocorrer porque o Estado não efetuou o pagamento da segunda parcela referente a 20% do décimo que estava programada para ocorrer em agosto passado.
Em julho, o titular da secretaria de Estado do Planejamento e das Finanças (Seplan), Francisco Obery Rodrigues Júnior, anunciou que os servidores estaduais receberiam o adiantamento de 40% do décimo terceiro salário em duas parcelas: 20% no dia 16 de julho e igual valor em 18 de agosto. O fracionamento foi a solução encontrada pelo Governo do Estado, num “esforço adicional do Governo”.
O pagamento seria feito às custas “da redução da capacidade de investimentos e de despesas com o custeio” da máquina pública, segundo o secretário. Cada parcela do adiantamento do benefício representaria um impacto na folha de pessoal de R$ 55 milhões. A primeira parcela foi paga, no entanto, em agosto, o Governo do Estado não efetuou o pagamento previsto. O depósito na conta dos servidores não ocorreu em decorrência da medida do Executivo para tentar adequar os gastos cumprindo as leis de Responsabilidade Fiscal e de Diretrizes Orçamentárias.
Ontem, a assessoria de imprensa do Governo informou que o calendário de pagamento está programado para o dia 19 de dezembro. “A secretaria está trabalhando na composição da folha”, garantiu a assessoria. Com o pagamento de 80% do décimo terceiro, o Estado desembolsará R$ 220 milhões.

Sancionada lei que proíbe som sem fones de ouvido em ônibus de Natal


A Prefeitura de Natal sancionou nesta quarta-feira (26) uma lei que proíbe o uso de aparelhos sonoros sem fones de ouvido no transporte público de passageiros da capital potiguar. A lei, assinada pelo prefeito Carlos Eduardo Alves, foi publicada no Diário Oficial do Município.

Os funcionários do transporte público devem solicitar que os infratores se enquadrem na lei ou se retirem do local. O descumprimento será punido com multa de R$ 1 mil para as empresas do transporte público.

A lei estabele ainda que as empresas de ônibus deverão afixar, em local de fácil visualização para os passageiros, cartas que alertem sobre as proibições impostas com os seguintes
dizeres: "proibido usar aparelhos de som sem fones de ouvido".

O texto determina que Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) será responsável pela fiscalização. A Semob deve disponibilizar canais de comunicação para que a população possa fazer denúncias.

O Executivo Municipal tem 90 dias para a regulamentação.


Créditos: http://g1.globo.com/rn

Prefeito interino licencia-se de cargo para tentar reeleição na presidência da Câmara

CARNAUBAIS – Prefeito em exercício de Carnaubais desde o dia 9 de janeiro deste ano, em decorrência da cassação do mandato do prefeito Luiz Cavalcante, “Luizinho” (PSB), o vereador Manoel Benevides de Oliveira Júnior, “Júnior Benevides” (PSB), licenciou-se da função temporária nessa quarta-feira, dia 26.
O objetivo foi retornar à Câmara para formalizar o registro de sua candidatura à reeleição na Casa.

Na manhã dessa quarta-feira, o presidente do Legislativo protocolou o registro da chapa com a qual tentará renovar sua permanência na presidência do Parlamento e, caso eleito, licenciar-se novamente para retornar à interinidade na chefia do Executivo municipal. A eleição interna está agendada para o dia 11 de dezembro, uma quinta-feira. O candidato a vice-presidente na chapa por ele liderada é o vereador Danilo Bezerra (PSDB).

Os demais membros da composição são os vereadores Thiago Cavalcante (PCdoB), inscrito para concorrer ao posto de 1º secretário; e Manoel Batista Neto (PMDB), na atribuição de 2º secretário da próxima mesa diretora da Câmara carnaubaense.

Está prevista para esta quinta-feira, dia 27, a volta de “Júnior Benevides” à prefeitura, ficando o comando do Parlamento a cargo da vice-presidente, vereadora Norma Siqueira (PSB).

DISPUTA 
Apenas no dia da eleição interna, dia 11 do mês que vem, ele voltará a distanciar-se da prefeitura e regressará à Câmara para participar do processo eleitoral. Havia uma expectativa de que uma segunda chapa pudesse ser confirmada para a votação.
Ela seria encabeçada pelo vereador Wanderley Mendes (PMDB), da ala de oposição. Porém, o parlamentar-mirim não teria conseguido atender à exigência regimental de oficializar a chapa completa para o pleito, por insuficiência numérica.

Créditos: O Mossoroense

Governadora vistoria obras do Centro de Educação Tecnológica em Alto do Rodrigues

A governadora Rosalba Ciarlini visitou as obras de construção do Centro Estadual de Educação Profissional e Tecnológica que estão sendo realizadas no município de Alto Rodrigues, no oeste potiguar. A visita aconteceu na tarde desta quarta-feira (26) e contou com a presença do Prefeito Abelardo Rodrigues, a Presidente da Câmara Municipal, Ina Mulatinho, Secretária estadual de Infraestrutura, Katia Pinto, e o Secretário de Justiça e Cidadania, Júlio César Queiroz.
A obra é um investimento do Governo do Estado com recursos da ordem de R$ 5,5 milhões. Os Centros vão oferecer cursos de Ensino Médio Integrado associado ao Ensino Técnico Profissional a 1500 alunos, com disciplinas compatíveis com as vocações econômicas da região. Durante a visita, a Governadora falou sobre o benefício do investimento para a juventude do oeste potiguar.
“Ao concluir o Ensino Médio os alunos sairão com diploma técnico e com capacidade de competir no mercado por empregos na área de petróleo e gás, carcinicultura, fruticultura, e muitos outros. O Governo do Estado plantou, e é a juventude que vai colher os benefícios desse investimento”, declarou. A chefe do Executivo visitou, ainda, as obras de 40 casas do Programa Social Habitacional que conta com a contrapartida do Governo, oferecendo moradia para cerca de 5000 famílias de baixa renda em todo o Rio Grande do Norte.

Deputados já querem votar em dezembro aumento dos salários de R$ 26,7 mil para R$ 33,7 mil

dinheiro_sacos

A Mesa Diretora da Câmara começou a discutir em reunião nesta quarta-feira a proposta de aumento salarial de deputados e senadores. Segundo o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), a ideia é garantir pelo menos a correção inflacionária dos subsídios parlamentares, sem reajuste há quatro anos. Segundo cálculos de técnicos da Casa, a correção deverá elevar os salários de R$ 26,7 mil para R$ 33,7 mil. Mas como há projeto tramitando na Casa e que eleva para 35, 9 mil, há deputados que defendem que o mesmo valor seja garantido aos parlamentares. A proposta também elevará o salário da presidente da República, Dilma Rousseff e dos ministros de estado.
Segundo O Globo o aumento nos subsídios parlamentares será discutido na próxima semana com o Executivo, com os líderes aliados e com o Senado. Henrique Alves fez questão de destacar que deputados e senadores estão há quatro anos sem aumento nos subsídios e que este aumento só valerá para a próxima legislatura, que começa em fevereiro de 2015. O projeto de decreto legislativo que garante aumento para deputados, senadores, para Dilma e ministros terá que ser aprovado na Câmara e no Senado para entrar em vigor. Parte dos parlamentares que votarem na proposta — os reeleitos e os senadores que têm mais quatro anos — será beneficiada pelo reajuste que votará

Bolada na cabeça mata jogador de críquete na Austrália

Um jogador de críquete morreu nesta quinta-feira (27), depois de ser atingido por uma bola durante uma partida em Sydney, naAustrália, há dois dias
O australiano Phillip Hughes, de 25 anos, foi atingido na cabeça na terça (25), e, mesmo de capacete, sofreu um grave ferimento e foi internado em um hospital local.
O jogador foi submetido a uma cirurgia de emergência para reduzir a pressão dentro do cérebro e colocado em coma induzido, mas não recuperou a consciência.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Atlético Mineiro vence rival, conquista a Copa do Brasil e vai a Libertadores


Com uma atuação maiúscula nos dois jogos da final da Copa do Brasil, Atlético-MG bate o Cruzeiro no clássico mineiro e leva o caneco. Torcida do Galo, presente ao Mineirão, comemora, enquanto os jogadores festejam no gramado.

Assombro: Homem vê esposa sem o véu pela primeira vez e pede divórcio

Um saudita que acabara de se casar com uma mulher “às escuras” pediu o divórcio ao ver a esposa pela primeira vez. O casal estava diante de um fotógrafo contratado, na festa de casamento, quando o saudita não gostou do que viu. Os noivos, da cidade de Medina (Arábia Saudita), haviam concordado com o casamento apesar de nunca terem visto um ao outro – um costume em muitas regiões do Oriente Médio. Mas quando a noiva tirou o véu e sorriu para a câmera, o noivo bateu os pés em desgosto.
“Você não é a mulher com quem quero me casar”, declarou ele, de acordo com o jornal “Okaz”. “Você não é quem eu imaginava. Sinto muito, mas vou me divorciar de você”, acrescentou o saudita descontente. A noiva se debulhou em lágrimas e os convidados, em pânico, tentaram remediar a situação.
Créditos: O Globo

Filhos de Serra do Mel dão exemplo de liderança e se destacam em suas profissões

EXEMPLO

Eles não têm formação acadêmica, mas conseguiram se destacar naquilo que eles fazem profissionalmente.

Tarcísio Costa Júnior e Aécio Inocêncio de Araújo conseguiram, no mesmo dia, serem destaque em suas respectivas profissões.  


Tarcísio Júnior, como instrutor de cursos profissionalizantes, participou da solenidade de encerramento de vários cursos do Pronatec na cidade de Alto do Rodrigues-RN.  Na foto, aparece ao lado da secretária municipal de Assistência Social, Luciana Monteiro e do prefeito Abelardo Filho.

Aécio foi eleito presidente da CIPA - Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, da empresa Geokinetics, que é prestadora de serviços petrolíferos para a Petrobrás.  Aécio obteve 90 votos, contra apenas 57 do segundo colocado e 43 do terceiro.

Coincidência ou não, Aécio e Tarcísio Júnior são amigos de infância.  Hoje, distantes de Serra do Mel e trabalhando em lugares e profissões diferentes, são exemplos de vida para muitos jovens de Serra do Mel, do Brasil e do mundo.

Parabéns aos dois.  Que continuem orgulhando nosso município.


Créditos: Aldo Araujo

Cartinhas da campanha Papai Noel estão disponíveis para adoção no RN

Os Correios oferecem uma boa oportunidade para quem gosta de praticar a solidariedade no período natalino. Milhares de cartas enviadas por crianças de escolas públicas e comunidades carentes ao Papai Noel estão disponíveis para adoção nas agências dos Correios. Em cada uma delas, palavras e desenhos traduzem os sonhos de meninos e meninas.
Jéssica Aparecida, 10 anos, aluna do 4º ano de uma escola da zona rural de São José de Mipibu, pediu ao Papai Noel duas opções de presente. Na cartinha, ela explica que gosta muito de estudar e mora com a mãe, o padrasto e os irmãos. “Meu padrasto é ajudante de pedreiro e nem sempre tem trabalho. Queria ganhar o material escolar ou uma boneca Barbie. Pois só estou com um caderno que a professora me deu e a boneca minha mãe disse que não pode comprar”, relatou.
Já o estudante Rafael Batista tem oito anos, mora com os pais, o irmão e o tio no bairro de Mãe Luiza. Na cartinha endereçada ao Bom Velhinho, Rafael conta um pouco dos seus sonhos e expectativas para o futuro. “Quando eu crescer vou ser professor, vou ensinar e aprender com os alunos. Papai Noel, eu gostaria de poder ganhar uma bola, se não puder, pode me dar uma pipa”, disse.
Brinquedos como bola e boneca, calçados e material escolar estão entre os mais pedidos pelas crianças. No trabalho de escrita das cartinhas desenvolvido em sala de aula, elas foram orientadas a colocar duas opções de presente, sendo uma delas economicamente mais acessível. Além do estímulo à escrita através do lúdico, a campanha pretende disseminar valores como a solidariedade entre as crianças.
Em 2014, a Campanha Papai Noel dos Correios comemora sua 25ª edição. A ação tem por objetivo principal responder às cartas das crianças que escrevem ao Papai Noel e, sempre que possível, atender aos pedidos de presentes daquelas que se encontram em situação de vulnerabilidade social.
Este ano, mais de 60 instituições públicas de ensino, todas situadas em áreas carentes, estão sendo contempladas pelo projeto, cujo público-alvo são os alunos da educação infantil e do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. Além de Natal e Região Metropolitana, as pessoas interessadas em adotar cartinhas podem procurar as agências dos Correios de Currais Novos, Mossoró, Assu, Caicó, Pau dos Ferros, Macau, Nova Cruz e Santa Cruz.
Mas, atenção aos prazos da campanha: o período de “apadrinhamento” vai até 10 de dezembro, quando se encerra também o prazo para entrega dos presentes nas agências participantes. Os Correios se responsabilizarão pela remessa do presente à escola onde estuda a criança ou à residência. Independente da obtenção do presente solicitado, todas receberão uma carta-resposta do Papai Noel.
As pessoas interessadas podem mobilizar vizinhos, colegas de trabalho, amigos e familiares para colaborarem com o Papai Noel dos Correios, ajudando a tirar os sonhos das crianças do papel. Dúvidas podem ser esclarecidas com a coordenação da campanha, através dos telefones (84) 3220-2472/2405 ou pelo e-mail ascom-rn@correios.com.br.
Créditos: Gazeta do Oeste

“Eu quero começar o governo com a casa arrumada”, disse Robinson na Inter TV

robinson TV

O governador eleito do estado, Robinson Faria (PSD), concedeu entrevista na manhã de hoje (26) ao RN TV, da Inter TV Cabugi, para fazer balanço do trabalho da equipe de transição e projetos de governo. “Estamos perdendo indústrias para outros estados por falta de incentivo tributário, de segurança jurídica e de apoio. É preciso apoiar as empresas, garantir rapidez nas licenças ambientais e permanência das empresas aqui, gerando emprego e renda”, destacou.
Sobre a segurança público, Robinson falou que quer “começar o governo com a casa arrumada. Vou exigir eficiência da Polícia Militar e Civil. Vamos investir em inteligência, em novos equipamentos e policiais nas ruas. O dinheiro existe”, comentou. Robinson ainda lembrou os investimentos na cadeia do turismo, gerando emprego e renda para a população.  “Temos que investir no aumento da arrecadação no Estado, cobrar a dívida ativa e investir no servidor. Vamos garantir a segurança jurídica para as empresas, criar a Central do Empreendedor para ajudar na documentação”, afirmou o governador.

Congresso quer aumentar salários dos deputados, senadores, presidente e vice-presidente da República

Os parlamentares querem elevar a partir de janeiro seus próprios salários, além dos vencimentos da presidente Dilma Rousseff, do seu vice, Michel Temer, e dos 39 ministros. A previsão é de reajuste de R$ 26.723 para R$ 33.769. O aumento tem como base o acumulado dos últimos quatro anos do índice oficial de inflação (IPCA), que segundo os técnicos é de 26,33%. Os congressistas, além dos salários, têm direito a apartamento funcional ou auxílio-moradia de R$ 3.800 e verba indenizatória de até R$ 41 mil para deputados e R$ 44,2 mil para senadores. O mais recente aumento dado aos congressistas e aos integrantes do Executivo federal ocorreu em dezembro de 2010. O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), admite a elaboração do projeto. “Tem que ter o aumento. Em toda a legislatura que se encerra, você tem que aprovar o aumento para o próximo ano. Isso é constitucional. O último aumento foi há quatro anos.”
O impacto estimado aos cofres públicos só com o aumento para os deputados é de R$ 82 milhões em 2015. Nos dois anos subsequentes, o valor é de R$ 78 milhões. A diferença ocorre porque os 513 deputados federais têm direito no primeiro ano ao chamado 14.º e 15.º salários, usados como “benefício” para a mudança para a capital federal. Para concretizar o aumento, os parlamentares terão antes de aprovar um aumento para os ministros do Supremo Tribunal Federal, valor que define o teto constitucional dos salários dos servidores, hoje fixado em R$ 29,4 mil. Um projeto do Judiciário em tramitação prevê elevação para R$ 35.9 mil.
Créditos: Marcos Dantas

Henrique Alves recebe da reitora da UFRN proposta de R$ 40 milhões para emendas parlamentares


O presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves, esteve reunido nesta terça-feira (25) com a reitora da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Ângela Cruz. Ela entregou uma proposta no valor de R$ 40 milhões para nove projetos da UFRN. Os recursos serão destinados à universidade no Orçamento Geral da União de 2015. Os detalhes ainda serão discutidos em reunião da reitora com a bancada federal do Rio Grande do Norte, quando serão definidas todas as emendas dos deputados e senadores para o estado.
A construção da segunda unidade do Instituto de Medicina Tropical, vinculada ao Hospital Giselda Trigueiro, é uma das prioridades da reitora Ângela Cruz. São R$ 8 milhões no orçamento deste ano para as obras físicas e outros R$ 2 milhões no orçamento de 2015 para aquisição dos equipamentos. A licitação para a obra está em fase de conclusão.
A reitora explicou que também necessita construir um edifício anexo para a Escola de Ciência e Tecnologia, atualmente com 1.120 alunos de cinco cursos de Engenharia. O prédio inicialmente foi projetado para 500 alunos. Outro projeto apresentado por Ângela Cruz é a ampliação das instalações do Departamento de Física Teórica e Experimental, além do Núcleo Integrado de Pesquisa, Pós-graduação e Inovação Tecnológica.
A construção de um pavilhão administrativo do Centro de Ciências da Saúde também faz parte dos projetos da reitora para a UFRN, bem como o Complexo de Laboratórios Integrados de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia. A reitora também pleiteia um Centro de Convenções para a UFRN no orçamento de 2015.
A criação de 60 novas vagas para o curso de Medicina está condicionada a construção das novas instalações dedicadas ao ensino, à pesquisa e à pós-graduação em Farmácia. A antiga sede da faculdade de Farmácia daria lugar à ampliação do curso de Medicina, atualmente com 100 vagas.
Dos R$ 40 milhões pleiteados pela reitora, um quarto dos recursos (R$ 10 milhões) será usado no custeio do Instituto Internacional de Física e do Instituto do Cérebro. O trabalho desenvolvido pelas duas instituições é um dos principais responsáveis pela projeção da UFRN no exterior.

Semana Nacional de Conciliação promove acordos com a Justiça

Problemas com, credores, vizinhos, ex-marido ou ex-mulher são questões que levam muitas pessoas aos tribunais e que costumam se arrastar na Justiça. Hoje, 100 milhões de processos estão em tramitação no judiciário brasileiro. Para reduzir esse número, tribunais de todo o país estão fazendo audiências de conciliação.
Semana Nacional de Conciliação, que acontece até sexta-feira (28), é dedicada a buscar acordos entre as partes para desafogar a Justiça. Em São Paulo, uma estrutura foi montada para realizar três mil audiências.
O encarregado de terraplanagem José de Oliveira viajou mais de 200 quilômetros quando soube que poderia apressar a aposentadoria: “Já dei entrada no INSS umas quatro ou cinco vezes, ou mais. Eu quero ver se hoje eu resolvo isso. Tenho fé em Deus que eu resolvo”, afirma.
A conciliação é de graça, rápida, não precisa de advogado e só funciona quando os dois lados cedem. É o caso da dona de casa Tuane Cristina da Silva e do ex-marido Eric, que moraram juntos por quatro anos, têm dois filhos e se separaram há menos de um ano. Na conciliação, eles acertaram o valor da pensão e os dias de visita aos filhos.
Pela primeira vez desde que a Semana foi criada, em 2006, os casais podem oficializar a união sem pagar nada. Patrícia e Robson moram juntos há cinco anos e decidiram fazer a união civil estável. “No cartório custa de R$ 400 a R$ 500. Aí quando apareceu essa oportunidade, combinei com ela de vir hoje”, afirma Robson.
Falta de dinheiro também foi o problema de Paulo e Sandra, que estão separados há um ano meio. Eles aproveitaram para oficializar a separação: “Sai mais barato. O advogado mesmo cobrou R$ 5 mil para mexer com a ação”
Já a auxiliar de enfermagem Maria Cavalcanti tem uma dívida de R$ 1,5 mil por causa de um cartão de crédito, que ela nunca pediu, nem aceitou. Agora, ela quer a ajuda da Justiça: “Quero que eles resolvam, tirem meu nome no mínimo da restrição, que eu estou devendo algo que eu nunca fiz essa dívida”.

“Mesmo aqueles casos que existe algum tipo de conflito, a gente tem o pessoal da conciliação que está aqui disponível. Então, as partes sentam, conversam com o conciliador e aí ele consegue cessar uma negociação e eliminar o conflito de uma forma amigável, mas negociada, um pouco mais trabalhada”, explica Ricardo Pereira Júnior, juiz de direito e coordenador da Semana da Conciliação em São Paulo.


Ações indenizatórias serão a maioria na pauta da Semana Nacional da Conciliação em Mossoró. Coordenada pelo Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania da Região Oeste (Cejusc/Oeste), a jornada de audiências está definida para o período de 24 a 28 de novembro, contabilizando 180 processos. “A maior parte envolve pedidos de indenização ou atende solicitação de pessoas que sugeriram a inclusão de suas ações na Semana Nacional”, informou a servidora Ana Joelma, da equipe do Cejusc.
Acordos serão tentados em feitos que tramitam em seis Varas Cíveis da comarca mossoroense. Ao menos três audiências acontecerão simultaneamente no Centro de Solução de Conflitos, instalado no segundo andar do Fórum Dr. Silveira Martins, entre 8h e 16h30, com a participação de servidores e estagiários.
“Além dos processos que foram encaminhados pelos magistrados ao Cejusc, a Semana da Conciliação em Mossoró terá audiências nos Juizados Especiais e nas Varas de Família. Estaremos em contato com as secretarias de cada unidade jurisdicional para totalizar os acordos realizados e os valores envolvidos”, informou Paulo Brandão, que dirige o Centro Judiciário de Solução de Conflitos oestano.
Créditos: http://g1.globo.com/

Nordeste Open de Jiu-Jitsu acontece neste final de semana com R$ 30 mil em premiações


Chegou a hora da decisão no maior evento de jiu-jitsu do Nordeste. O Open de JJ, que acontece neste sábado (22) e domingo (23), no Ginásio do SESI, em Natal, realizará a terceira e decisiva etapa da competição. Serão 1.200 atletas de todo o Brasil. Somente neste final de semana, serão R$ 30 mil distribuidos em premiações. 

"É a etapa mais importante do ano. Os atletas e as academias querem somar o máximo de pontos para a disputa geral da competição. Tenho certeza que as melhores lutas da temporada serão realizadas neste final de semana. Passei por várias academias e os lutadores estão em um nível muito alto de competição", destaca Nivaldo Pereira, diretor da HC Sports, organizadora do evento. 

Além dos atletas, o SESI recebe um grande público durante os dois dias de competições. “A gente prepara uma estrutura para receber o pessoal. Temos uma praça de alimentação, além de telões e toda a condição para que o público possa acompanhar em detalhes cada luta. São cerca de 3 mil pessoas circulando durante os dois dias”, destaca. 

De acordo com Nivaldo, o Nordeste Open recebe atletas de alto nível, mas também iniciantes. “São lutadores de todas as categorias. Temos crianças iniciantes, mas também atletas campeões mundiais. O jiu-jitsu é um esporte que pode ser praticado por qualquer pessoa e essa competição mostra toda essa diversidade de público”, destaca. 

Como principal novidade do ano de 2014, a organização criou um ranking que visa classificar os atletas de cada categoria e, ao final da terceira etapa, certifica os seus líderes dando visibilidade ao atleta e garantindo uma premiação especial. 

Em todas as edições, o evento seguiu as normas técnicas e de segurança, estabelecidas no Livro de Regras da Confederação Brasileira de Jiu-Jitsu (CBJJ). A arbitragem foi comandada por profissionais de nível internacional. Para os atletas, assistência médica em período integral com socorristas e um médico de plantão, além de uma ambulância e atendimento emergencial à disposição. Para outras informações:www.nordesteopenjj.com.br, Facebook.com/nordesteopenjj, Instagram (@nordesteopenjj) e Twitter (@nordesteopenjj).


Créditos: nominuto.com

Reajuste de pelo menos 11% para professores em 2015

A partir de janeiro, os 18,3 mil professores da rede estadual de ensino de Mato Grosso do Sul terão um reajuste salarial mínimo de 11%, como ponto de partida para a equiparação salarial com o piso nacional de R$ 1.697,37. Este percentual mínimo não considera o reajuste que a categoria recebe anualmente, com base na inflação acumulada no período e de outros critérios adotados pelo Ministério da Educação. A equiparação com o piso nacional foi determinada por lei estadual, em dezembro de 2013, após acordo com a Federação dos Trabalhadores em Educação de MS (Fetems). Assim, em 2018, o piso salarial do professor em MS, com carga horária de 20 horas semanais, deverá ser equivalente ao piso nacional do professor que atua 40 horas semanais.
Hoje, o professor ganha R$ 1.178,14, por 20 horas trabalhadas, nas escolas estaduais. Com o reajuste em janeiro, de R$ 129,80, o piso passará para R$ 1.307,94. Porém, ainda estará abaixo dos atuais R$ 1.697,37 do piso nacional; e do salário base dos professores da rede pública de Campo Grande, R$  1.564,97. O Sindicato Campo-grandense dos Profissionais da Educação Pública (ACP) também está na luta por melhores condições salariais. Segundo o líder sindical Geraldo Gonçalves, existe um projeto de lei tramitando em Brasília (DF) que determina a correção do piso nacional com base no índice da inflação.
No entanto, esta proposta não agrada ao magistério. Além do reajuste pela inflação, os professores querem também a correção por 50% do custo aluno/ano. “É menos prejudicial para os professores, independente se for da rede estadual ou municipal”, afirma Geraldo. Em 2013, o piso nacional foi corrigido em 8,32%, subindo de R$ 1.451, para R$ 1.567. Como base de cálculo, o Governo Federal utilizou a média de correção dos últimos três anos.
créditos: www.correiodoestado.com.br

RN figura como 16° estado com mais pontos de exploração sexual infantil

Dentre 26 estados do país, o Rio Grande do Norte figura como o 16º com maior número de pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias federais brasileiras. O cenário é apontado em levantamento divulgado nesta terça-feira (25) pela Polícia Rodoviária Federal em parceria com outras entidades.
A sexta edição do estudo aponta o RN com 27 locais entre os anos 2013/2014, contra 79 pontos no período 2011/2012. O comparativo representa uma redução de 65,82% na quantidade de locais vulneráveis à exploração sexual infantil nas BRs que cortam o estado potiguar.
Na relação, Minas Gerais lidera com 313 pontos; seguido de Bahia, com 216; Paraná, com 179; Goiás, com 175; Santa Catarina, com 176; Mato Grosso do Sul, com 124; Rio de Janeiro, com 112; Piauí, com 110; Rio Grande do Sul, com 103; Pará, com 84; Mato Grosso, 82; Espiríto Santo, 46; Tocantins, 42; Pernambuco, 33; Alagoas, com 29 locais aparece em 15°.
Outros 10 estados completam a lista que totaliza 1969 pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias federais brasileiras. Dentre os nove estados do Nordeste, o RN aparece como o quinto estado da região que mais possui tais locais.
A BR-101 no NE figura com 68 pontos. O estudo aponta que as áreas que apresentam maiores variações estão relacionados com os fatores de qualificação do policial e migração dos pontos como posto de combustível, hospedagens, estabelecimentos de alimentação, dentre outros.
Créditos: Jornal de Fato

Secretária de Educação recebe jovem senador do RN

Na tarde desta segunda, a secretária de Educação Betania Ramalho recebeu a visita do estudante José Patrocínio Dantas Neto, de 17 anos. Natural de Parelhas, José é o novo jovem senador do Rio Grande do Norte. Recém-chegado da capital federal,  o estudante relatou a titular da pasta um pouco de sua experiência durante a semana que passou em Brasília.

Na função do cargo, José Patrocínio foi relator do Projeto de Lei do Senado Jovem 4/2014, que institui o Programa Bolsa Jovem Estudante e beneficiará alunos com baixa renda familiar. Para a secretária, José descreveu a experiência como única: “Um aprendizado que levarei por muito tempo”.

Entusiasmada com o feito do estudante, Ramalho destacou que cada vez mais os estudantes tem conquistado êxito em concursos e competições nacionais: “esses jovens devem ser exemplos, pois inspiram sucesso, mas devem focar nos estudos, pois nada melhor do que o ensino para aprimorar esses resultados”.

Sobre o concurso

São convidados a participar todos os alunos do 2º e do 3º ano do Ensino Médio de escolas públicas estaduais e do Distrito Federal, com idade de 16 a 19 anos. Os 27 finalistas no Concurso de Redação são automaticamente selecionados para participar do Projeto Jovem Senador e terão a oportunidade de simular, em Brasília, a atuação dos Senadores da República, vivenciando o processo de discussão e elaboração das leis do nosso País.

Além disso, os finalistas serão premiados com notebook, medalha, certificado e publicação da sua redação no livreto produzido pelo Senado Federal. As escolas dos alunos classificados nos três primeiros lugares na etapa nacional receberão computadores (desktops), publicações técnicas e multimídia produzidas pelo Senado Federal e certificado de participação. 

Créditos: SEEC/RN

MPF denuncia mais um esquema de propina

Uma nova denúncia do Ministério Público Federal no Rio Grande do Norte (MPF/RN) revela o pagamento de propina a integrantes da cúpula do Instituto Nacional de Metrologia (Inmetro), durante a gestão de Rychardson de Macedo à frente do Instituto de Pesos e Medidas (Ipem), entre 2007 e 2010. De acordo com as investigações, dois integrantes da direção do Inmetro recebiam benefícios e, em troca, permitiam a continuidade do esquema montado no RN com participação do deputado Gilson Moura e dos advogados Lauro Maia e Fernando Caldas Filho.

Foram denunciados o diretor administrativo-financeiro do Inmetro, Antônio Carlos Godinho Fonseca, e o auditor-chefe José Autran Teles Macieira (afastado do cargo preventivamente, por conta de procedimento disciplinar da Controladoria Geral da União). De acordo com a denúncia, as propinas foram pagas por Rychardson de Macedo (que também é réu) para viabilizar o recebimento de maior quantidade de recursos federais, por meio de convênio, e evitar consequências desfavoráveis decorrentes das auditorias.

Além da denúncia, o MPF apresentou uma ação de improbidade relativa às mesmas irregularidades. Ambas são assinadas pelo procurador da República Rodrigo Telles e apontam a prática de corrupção passiva, ativa e enriquecimento ilícito.

De acordo com os convênios assinados pelo Ipem/RN com o Inmetro, o instituto nacional deveria transferir ao estadual 85% da receita arrecadada no Rio Grande do Norte com multas e outras taxas pagas por infratores. No entanto, em razão do acordo entre Rychardson de Macedo e Antônio Carlos Godinho, o Inmetro acabou transferindo um percentual bem maior.

Auditorias apontam que em 2007 foi repassado ao Ipem/RN mais de 100% do valor arrecadado, enquanto em 2008 repassou-se 97%. Em 2010, durante os meses da gestão de Rychardson de Macedo, voltou a ser extrapolado o limite, ultrapassando os 100%.

Rychardson estabeleceu relação estreita com Antônio Godinho a ponto de tratá-lo pelo apelido de "Toninho". Em seu depoimento, o ex-diretor do Ipem explicou: "O Ipem não tem verba própria, não recebe nada do Estado. (…) Se ele arrecadar por mês trezentos mil reais, teoricamente era pra descontar 15% do Inmetro (...). No meu caso não, sempre vinha a mais, porque, tipo assim, eu me relacionava muito bem com Toninho, que era o financeiro. Ele sempre mandava a mais."

Diversas irregularidades cometidas no âmbito do Ipem/RN foram constatadas pelas auditorias do Inmetro, contudo a autarquia federal nunca tomou nenhuma providência efetiva em relação ao "quadro caótico e descontrolado da autarquia estadual". Antônio Carlos Godinho não acatou recomendações para efetuar uma intervenção no Ipem/RN, nem mesmo de promover uma tomada de contas especial, para apurar responsabilidades.

"Não se tem notícia nem sequer da exigência por parte do Inmetro de que o Ipem/RN prestasse contas da aplicação dos recursos recebidos", ressalta a denúncia do MPF. Rychardson de Macedo contava com o apoio de Antônio Godinho para impedir a instauração de tomadas de contas especiais: "Quando às vezes a auditoria detectava, aí ele entrava em contato com Autran: 'Autran, vamos segurar aí'. Porque ele não sabia que eu dava dinheiro a Autran também."

Rychardson de Macedo também estabeleceu vínculo próximo com o auditor-chefe do Inmetro, José Autran. Em virtude de combinação entre ambos, a autarquia federal acatava as justificativas apresentadas pelo Ipem/RN, relativas aos indícios de irregularidades.

O Ministério Público Federal destaca que, se tais indícios fossem devidamente apurados desde o início, poderia ter se evitado ou pelo menos inibido as práticas ilícitas promovidas ao longo da gestão de Rychardson, ou ao menos reduzido o prejuízo causado aos cofres públicos. "No entanto (…) o Inmetro, por meio de seu auditor-chefe, permaneceu inerte e foi complacente".

Irregularidades no pagamento de diárias, contratação de "funcionários fantasmas", impropriedades em licitação e contratos, além de favorecimento a empresas, foram constatadas pelas auditorias, mas acabaram não resultando em providências concretas, por parte do Inmetro. Os auditores apontaram várias vezes as mesmas irregularidades e recomendaram reiteradamente a abertura de tomadas de contas especiais, sem que o auditor-chefe adotasse alguma atitude prática.

"Chegou-se a propor até mesmo a intervenção do Inmetro no Ipem/RN, de tão caótica que a situação ficou", reforça o MPF, complementando: "O auditor-chefe do Inmetro (…) assistiu a tudo isso passivamente. Suas análises dos relatórios de auditoria sempre foram favoráveis ao Ipem/RN". José Autran só determinou a realização de tomada de contas especial quando Rychardson de Macedo já havia deixado a direção do Instituto no RN.

Lancha teria sido usada como pagamento
Em abril de 2008, Rychardson de Macedo adquiriu uma lancha e "presenteou" Antônio Carlos Godinho. "Chamei ele pra fazer uma visita aqui em Natal. (…) Aí eu levei ele pros parrachos. Que eu tinha um barco lá, a gente deu uma volta, ele externou que tinha vontade de ter um barco. Aí eu disse: 'Não, vamos ver aí como é que a gente pode fazer, homem. Veja aí esse pacto que tá tendo do Ipem com o Inmetro, que arrecada esses quinze por cento. Mande um pouquinho a mais que aí eu vou procurar um barco aqui pra você e a gente se ajeita'. E assim foi feito. Eu arranjei um barco, comprei o barco por vinte mil reais, lá na marina", relatou o ex-diretor do Ipem.

Rychardson de Macedo explicou ainda que o diretor do Inmetro costumava vir ao Rio Grande do Norte no verão: "(...) aqui eu alugava casa ali em Jacumã e ele sempre vinha, com ele, a namorada dele, uma vez veio com os filhos dele, os três filhos dele, e aqui eu custeava tudo, alugava carro pra ele, paguei as passagens dos filhos dele pra vir".

As passagens para a namorada e filhos de Antônio Godinho foram adquiridas através do contrato do Ipem com a empresa Helo Turismo Ltda. Foram compradas passagens de ida e volta de Goiânia e Rio de Janeiro, em nome dos filhos do auditor e de sua namorada. Rychardson declarou ainda ter pago hospedagem a eles em um hotel da capital, além do aluguel da casa em Jacumã.

José Autran exerceu o cargo de auditor-chefe do Inmetro até setembro deste ano, quando foi afastado preventivamente em procedimento administrativo disciplinar da Controladoria Geral da União. As buscas promovidas na Operação Pecado Capital resultaram na descoberta, na casa de um ex-diretor do Inmetro, de comprovantes de depósito na conta de José Autran nos valores de R$ 4 mil e R$ 3 mil, datados de abril e maio de 2006, anteriores à gestão de Rychardson.

A "fama" do auditor-chefe do Inmetro chegou a Rychardson de Macedo: "Eu ouvi falar que a gestão anterior pagava a JoséAutran, justamente pra poder resolver o resultado da auditoria. Não só na gestão anterior, como nas reuniões das redes. O que é a reunião das redes? Com todos os diretores... se comentava que grande parte pagava a ele, quando as auditorias iam. E aconteceu comigo. (…)."
Sobre o primeiro contato com o auditor-chefe, o ex-diretor do Ipem afirmou: "Ele disse: 'Traga uns dez mil aí que eu ajeito aqui o relatório'. Aí eu disse: 'Tá bom'. Aí como eu tinha a conta que Aécio tinha dele anterior, que Aécio me mostrou, disse: 'Esse Autran é um bandido, recebe...'. Eu disse: 'Me dê a conta aí. Eu vou meter pelo menos uns cinco mil aqui pra ele ficar na minha mão'."
Quando ocorriam as auditorias, Rychardson era notificado e ia entregar em mãos a resposta sobre os questionamentos, aproveitando para realizar o pagamento da propina. "(...) ele cobrava uns sete, oito mil. Eu dava uma média que eu já tinha uma noção de quanto os outros davam".

A quebra do sigilo bancário de Autran permitiu identificar depósitos que, no entender do MPF, são frutos de propinas. "Observa-se que o auditor-chefe do Inmetro (…) de fato recebeu vantagens pecuniárias para ser conivente com o esquema de desvio de recursos públicos do Ipem/RN. Ele foi favorecido com depósitos em dinheiro em conta bancária em março de 2008 e com várias entregas de dinheiro em espécie nos meses subsequentes do ano de 2008 e no ano de 2009."

Prejuízo 
O dano total aos cofres públicos, em decorrência das irregularidades, foi estimado em R$ 10.501. 238,62, em valores não atualizados. Os envolvidos responderão por corrupção ativa e passiva, além de repartirem o ressarcimento dos danos. Em decorrência do acordo de colaboração premiada, o MPF requer o perdão judicial para Rychardson de Macedo.

Créditos: Jornal O Mossoroense