Páginas

quinta-feira, 21 de abril de 2016

ACAYU abre inscrições para a III Copa de Futsal Talentos da Serra


A Associação de Apoio ao Desenvolvimento Social, Cultural e Administrativo ao Município da Serra do Mel - ACAYU, abre as inscrições para a III Copa de Futsal Talentos da Serra. Este evento esportivo é organizado pela Associação, na responsabilidade do prof. Roberto de Araujo, e este ano vem com a colaboração de Aécio Araújo, Felipe Santos e Amós César, além do desportista Rafael Linhares que está junto conosco desde a primeira Copa.

A copa de Futsal Talentos da Serra continua patrocinada pelo Posto M.M. Soares e será apoiada pelo Ligeirinho Distribuidor, Dinâmica Sports, Stamp Camisetas e Livraria Independência.

Inscrição: com o prof. Roberto de Araujo no Laboratório de Informática na E E pe José de Anchieta e/ou na ACAYU. Obs.: a inscrição é gratuita.

Premiação:
1º Lugar - R$ 500,00 (quinhentos reais);
2º Lugar - R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais);
3º Lugar - R$ 150,00 (cento e cinquenta reais);
Artilheiro: R$ 50,00 (cinquenta reais);
Goleiro Campeão: R$ 50,00 (cinquenta reais).
Além de medalhas para todas as categoria.

A premiação em dinheiro é 100% patrocinada pelo Posto MM Soares.

Este trabalho é voluntário e atende aos jovens de 13 a 23 anos, especificamente alunos que estão estudando nas Escolas - Padre José de Anchieta da Vila Brasília e Paraná e a Municipal Vila Rio Grande do Norte.

As regras para o campeonato segue a do ano passado, da II Copa de Futsal Talentos da Serra.

O Congresso Técnico será no dia 29 de abril e os jogos iniciam no dia 03 de maio e serão nas terças e quintas-feiras na quadra de esportes ao lado da E E Pe José de Anchieta.

Observatório: Nova pedalada fiscal ameaça as contas públicas do país

Os especialistas em economia apontam nova pedalada do governo federal: o alongamento da dívida dos Estados. Trata-se de uma negociação que pode impactar as contas públicas em R$ 50 bilhões se os termos do governo forem aceitos.
Mas há outro impacto à vista: os Estados entraram na justiça para rever a cobrança dos juros compostos - juros sobre juros - nos contratos firmados com a União desde a década de 90. Os entes estaduais pedem juros simples.
O Supremo Tribunal Federal já concedeu liminar a quatro Estados, e uma dezena deles está na fila pedindo a mesma coisa. 
O julgamento das ações está marcado para 27 deste mês. Caso o STF acate o pedido dos Estados, a União terá pagar uma conta de R$ 317 bilhões, comprometendo de vez as contas públicas.
Este é o comentário do jornalista Diógenes Dantas em mais uma edição da coluna eletrônica Observatório.
Confira o vídeo:

ABC sofre dois gols, vira para 3 a 2 e conquista classificação diante do Goianésia

Após jogar mal no primeiro tempo e sair atrás, o ABC conseguiu virar após a entrada de Echeverria no segundo tempo.
O ABC venceu o Goianésia por 3 a 2 na noite desta quarta-feira (20) no estádio Frasqueirão, em confronto válido pela primeira fase da Copa do Brasil. Após sofrer dois gols no primeiro tempo, o técnico Geninho mudou a equipe no intervalo e o alvinegro conseguiu virar a partida, com dois gols de Echeverria e um de Jones Carioca.
Com o resultado, o ABC garantiu a classificação para a segunda fase da Copa do Brasil, onde deve enfrentar o vencedor de América de Natal e Gama – que ainda vão jogar a primeira partida do confronto.
ABCGoianesia
Após realizar um primeiro tempo apático, o ABC voltou melhor na segunda etapa, muito por causa da entrada do paraguaio Echeveria, que saiu do banco para contribuir diretamente para a virada alvinegra. O meia marcou dois dos três gols do time potiguar, o primeiro foi assinalado aos 14 minutos e o segundo aos 30, ambos na etapa complementar do jogo.

O jogo
O ABC não começou mal na partida, aos 18 minutos, o time visitante teve a primeira chance de marcar. Em jogada individual, Rafinha deixou o zagueiro Gabriel o volante Márcio Passos para trás e chutou para o gol, mas a bola acabou indo para fora.
Aos 30 minutos, Rafinha cobrou escanteio, Allef subiu mais que todo mundo e mandou a bola para o fundo das redes de Vaná. No minuto seguinte, o ABC tentou responder, Erivelton bateu cruzado, mas o atacante Nando não conseguiu alcançar a bola. 
Após esses lances, as duas equipes deram uma pausa nos lances de perigo. Contudo, aos 38 minutos, a equipe do Goianésia voltou a balançar as redes. Rafinha cobrou escanteio e Alef aproveitou para subir mais que toda a defesa alvinegra e colocar a bola no fundo das redes de Vaná. Fim do primeiro tempo: ABC 0 x 2 Goianésia.
ABC

Na volta para o segundo tempo, o técnico Geninho promoveu duas mudanças na equipe do ABC. Entrou Echeverria e Montanha e saíram Naldinho e Gabriel. Logo após entrar em campo, aos 14 minutos, Echeveria já mostrou serviço e descontou para o ABC. O paraguaio recebeu passe de Filipi Sousa e arriscou de primeira para diminuir o marcador. ABC 1 x 2 Goianésia.

Aos 27 minutos, o ABC conseguiu o empate. Após cruzamento de Luiz Felipe, Lúcio Flávio chutou no travessão, na volta, Jones Carioca cabeceou e deixou tudo igual no Frasqueirão. ABC 2 x 2 Goianésia.
Três minutos depois, após lançamento na área, Nando ajeitou para Echeverria, que chutou forte, no canto do goleiro adversário. ABC 3 x 2 Goianésia. Após virar a partida, o alvinegro segurou o resultado até o fim e conquistou a classificação para a segunda fase.

STF inclui citações a Dilma, Temer e Lula em inquérito da Lava Jato

O ministro Teori Zavascki, do Supremo Tribunal Federal (STF), decidiu hoje (20) incluir no principal inquérito da Operação Lava Jato que tramita na Corte trechos da delação do senador Delcídio do Amaral (MS) em que a presidenta Dilma Rousseff, o vice-presidente, Michel Temer, e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva são citados.  Na delação, também foi citado e incluído no inquérito Joel Rennó, ex-executivo da Petrobras do governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso.
Zavascki atendeu a um pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot. A medida não significa que os citados passaram a ser investigados pelo Supremo.
Em março, Zavascki homologou o acordo de delação premiada do senador Delcídio do Amaral (MS) firmado com a Procuradoria-Geral da República (PGR) para colaborar com as investigações da operação. Na ocasião, o ministro retirou o sigilo do processo e divulgou a íntegra dos depoimentos de delação.

segunda-feira, 11 de abril de 2016

Senadora Fátima Bezerra visita a Serra do Mel


No lançamento do Comitê em Defesa da Democracia em Serra do Mel, esteve presente a senadora da república Fátima Bezerra, deputado estadual Fernando Mineiro, Raimundo Costa, secretário estadual da Reforma agrária e Crispiniano Neto, presidente da Fundação José Augusto, Manoel Cândido, presidente da FETARN e as pré-candidatas a majoritária – Diana e Sandrinha. Além de pré-candidatos a vereadores e outros lideres da comunidade.

O comitê “UFRB na luta pela democracia, direitos sociais e contra o golpe”, a partir do debate sobre a atual conjuntura política nacional, definiu a seguinte agenda de ações: estruturação de um comitê permanente em defesa da democracia; organização de ato público regional contra o pedido de impeachment; solicitação de posicionamento do Conselho Superior (CONSUNI) da UFRB, em apoio à defesa do Estado democrático de direito. 

Seleção da Serra empata com Carnaubais


A seleção da Serra do Mel participou ontem da terceira rodada do I Campeonato Regional Luiz Barroso. no estádio Abelardo Rodrigues no município do Alto do Rodrigues. 

A equipe serramelense enfrentou a seleção de Carnaubais e empatou por 2x2. Os gols da seleção da Serra foram de Fernando Gomes e Berguinho.

A Serra do Mel totaliza 4 pontos.

Hoje: Aula Inaugural dos Cursos ofertados pela ACAYU


Inicia hoje as 19 horas, na sede do poder legislativo - Palácio Francisco Sobrinho de Moura a aula inaugural dos seis cursos - Recepcionista, Aux. Administrativo, Qualidade para Vendas, Atendimento ao Cliente, Auxiliar de Secretaria e Gestão em Vendas ofertados pela ACAYU em parceria com a SETHAS e ministrado pela empresa Indice Assessoria Contábil Ltda.

Vejam a programação para a execução dos cursos:
No turno matutino:
Recepcionista; 11 à 25 de abril;
Qualidade para Vendas: 26 de abril à 02 de maio;
Auxiliar Administrativo: 03 à 19 de maio;

No turno Noturno:
Atendimento ao Cliente: 11 à 28 de abril;
Auxiliar de Secretaria: 02 à 18 de maio;
Gestão em Vendas: 19 de maio à 08 de junho;

Todos os cursos tem uma carga horária de 40 horas, exceto, Qualidade para Vendas que são 20 horas. Os curso do horário matutino será no horário das 7 as 11 h, quatro horas/aula por dia. E os cursos trabalhados a noite serão no horário das 19 as 22 h, três horas/aulas por noite.

Os cursos serão ministrados na sede provisória da ACAYU, localizada na Av. Graciliano Ferreira, em frente a praça da Criança.

Este projeto é fruto de uma emenda parlamentar no valor de R$ 76.000,00 (setenta e seis mil reais) destinado pelo deputado estadual George Soares, solicitado pelo vereador Moabe Soares.

Linhares FC perde por 4x2 no Campeonato do Alto

A equipe do Linhares FC disputou no último sábado, as 18 horas no estádio Abelardo Rodrigues, a terceira partida da chave contra a seleção do Alto do Rodrigues pelo I Campeonato Regional Luiz Barroso.


O time serramelense dirigido pelo desportista Rafael Linhares contou com Goleiros : Alcebiades e Vertinho; Zagueiros: Eltinho, Bruno, Naldo e Nenem; Laterais: Sebastião, Anailson, Junior, Jairton e Jr. Paraná; Volantes: Chuquinha, Deilton, Neca; Meias: Diego, Dieguinho, Paraguai e Romário; Atacantes: Clecinho, Renato, Felipe, Marcelo e Marcos Bala.

o Linhares iniciou a partida sofrendo o primeiro gol, a equipe partiu pra cima e empatou com o gol de Diego Augusto, mas logo, a seleção que jogava a vontade em casa virou pra 2x1, 3x1 e o Felipe Santos diminuiu pra 3x2 e o time do Alto meteu mais um e o placar final Alto do Rodrigues 4x2 Linhares FC.

Garoto de escola do RN desenvolve produto contra o aedes e embarca para os EUA


Buscando uma forma de combater o mosquito Aedes aegypti, Kevin Danuway Oliveira Alves, estudante da Escola Estadual 11 de Agosto, em Umarizal, desenvolveu um produto natural que conquistou importante premiação na Feira Brasileira de Ciência e Engenharia da USP (Febrace), realizada no período de 15 a 17 deste mês, na USP (Universidade de São Paulo), em São Paulo.
Ganhador na categoria das ciências exatas, o estudante potiguar foi convidado a participar da The Intel International Science and Engineering Fair (Feira Internacional de Ciências e Engenharia Intel), que será realizada entre os dias 8 e 13 de maio na cidade de Phoenix, Arizona, nos Estados Unidos.
O trabalho “Avaliação do Uso do Extrato da Semente Folha e casca da Fruta do Conde (Annon Squamosa) no Combate ao Aedes aegypti e Cryptote brevis”, desenvolvido por Kevin Oliveira, surgiu para diminuir os impactos ambientais causados pelo uso indiscriminado dos inseticidas. “Acreditamos que a utilização de inseticidas naturais possa ser o método mais viável no controle alternativo das pragas”, disse o aluno em seu projeto científico.
Kevin Oliveira ganhou na Febrace o prêmio Intel ISEF , o prêmio da Abritec (empresa brasileira na área de informática), sendo o melhor projeto do Rio Grande do Norte e o segundo lugar em ciências exatas no Brasil.
Localizada em Umarizal, região Oeste do Rio Grande do Norte, a Escola Estadual 11 de Agosto é referência em projetos de inovação científica. Na execução do projeto vitorioso, o jovem estudante Kevin Oliveira contou com a ajuda do professor orientador Bruno Bezerra, e do coordenador José Everton Pinheiro Monteiro.

CPI aponta fraude de R$ 3 bilhões em fundos de pensão


A CPI dos Fundos de Pensão, cujo relatório será apresentado nesta segunda-feira, 11, indiciará até 200 pessoas envolvidas em esquemas fraudulentos que deram prejuízo de mais de R$ 3 bilhões a quatro das maiores entidades de previdência complementar do País. A comissão analisou mais detalhadamente 15 casos e que apontaram fraude e má gestão dos investimentos feitos pelos dirigentes da Previ (dos funcionários do Banco do Brasil), da Petros (Petrobrás), Funcef (Caixa Econômica Federal) e do Postalis (Correios).
O ex-tesoureiro do PT João Vaccari Neto, já condenado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no âmbito da Lava Jato, “dificilmente não será indiciado”, afirmou o deputado Sérgio Souza (PMDB-PR), relator da CPI dos Fundos de Pensão. Vaccari é apontado como integrante de um acerto de propina na Petros.
Na lista de pedidos de indiciamento ao Ministério Público Federal também estará Alexej Predtechensky, conhecido como Russo e ligado ao PMDB. À frente do Postalis, ele teria fechado contratos com consultorias que apoiaram aplicações suspeitas de conflitos de interesse porque seus executivos atuavam tanto no fundo de pensão como nos planos adquiridos.
Souza disse na noite de domingo que pretendia definir até a manhã de hoje os critérios dos pedidos de indiciamento para não penalizar dirigentes que apenas participaram de reuniões, mas não tomaram decisões que resultaram em prejuízo aos fundos.
A sociedade dos fundos na Sete Brasil, empresa criada para fornecer as sondas do pré-sal à Petrobrás, também foi analisada pela CPI, que concluiu que as condutas dos dirigentes dos fundos foram incompatíveis com uma “gestão responsável”. Segundo o relatório ao qual o Estado teve acesso, a Petros e a Funcef decidiram, por “influência política”, aportar bilionários valores no FIP Sondas (que detém 95% da Sete; os outros 5% são da Petrobrás) “sem observar a prudência exigida, assumindo elevados riscos que colocavam em evidente perigo o dinheiro dos beneficiários daquelas fundações”. A Previ também é sócia, mas tem uma participação minoritária.
O relatório faz também recomendações à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), ao Tribunal de Contas da União (TCU) e à Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) de melhoria do controle sobre os fundos de pensão patrocinados por estatais. O texto do relatório, que deve ser concluído com mais de 700 páginas, ainda propõe alterações na governança dessas entidades, como a criação de um comitê de investimento e de auditoria interna.
O relator também institui o voto de veto para permitir que patrocinadores e participantes tenham poder de impedir que investimentos que julguem temerários sejam levados adiante. Como o veto poderá ser usado por qualquer um dos membros da diretoria o deputado Souza disse que haverá uma equivalência de poder entre os indicados pelo governo – como representantes das empresas patrocinadoras – e os eleitos pelos participantes.
“Os fundos de pensão, a partir da CPI, serão muito diferentes do que são hoje. As pessoas não estão fazendo as mesmas loucuras de antes. A comissão já produziu um resultado”, afirmou Souza.
Déficit bilionário
No ano passado, o rombo dos fundos de pensão alcançou R$ 77,8 bilhões, segundo levantamento da Previc, xerife do setor. O aumento em relação a 2014 foi de 151%. Dez planos concentram 80% do déficit de todo o sistema, sendo que nove deles são patrocinados por empresas estatais, das quais oito são federais. Os três maiores fundos do País – Previ, Petros e Funcef – respondem por mais de 60% do rombo.

Saiba o que cada time precisa fazer para chegar à final da Copa RN

Após a penúltima rodada da Copa Rio Grande do Norte, segundo turno do Estadual, ABC, Alecrim, ASSU e Potiguar de Mossoró chegam à última rodada com chances de chegar à decisão da fase do Campeonato Potiguar. As partidas da sétima rodada serão disputadas nesta quarta-feira (13).
portalnoar.com explica o que cada um dos quatro precisa fazer para chegar à decisão da competição e poder sonhar com o título.
Potiguar: Na primeira colocação com 11 pontos, o time de Mossoró depende apenas de um empate diante do ABC para se garantir na final. A vitória em Natal assegura também o primeiro lugar e a vantagem do empate na prorrogação para ficar com o título. Em caso de derrota, o Time Macho só avança se o confronto entre Alecrim x ASSU não passar de um empate ou se o ASSU vencer sem tirar os quatro gols de saldo.
ABC: O Alvinegro é o segundo colocado com 11 pontos. Para avançar, precisa vencer o Potiguar para decidir a Copa RN. Se empatar, a equipe abecedista precisa torcer por uma igualdade entre Alecrim x ASSU ou se o ASSU vencer e não tirar a vantagem de quatro gols no saldo. Em caso de derrota, o Elefante fica de fora da decisão.
Alecrim: O Alviverde também depende de suas forças para ir à final. Vitória sobre o ASSU coloca o time na decisão da Copa RN. Se empatar, o clube esmeraldino passa a depender de um triunfo do Potiguar sobre o ABC. A derrota elimina automaticamente a equipe.
ASSU: Das quatro equipes na disputa, o Camaleão é a única que não depende de si. Com apenas nove pontos, o time do Vale do Açu precisa vencer e torcer por uma vitória do Potiguar sobre o ABC. Em caso de triunfo abecedista, o ASSU precisa tirar a desvantagem de quatro gols no saldo. Qualquer outro resultado elimina o clube da competição.
ABC e Potiguar se enfrentam na última rodada (Foto: Allan Phablo / DeFato)
ABC e Potiguar se enfrentam na última rodada (Foto: Allan Phablo / DeFato)

Lula e Marina Silva lideram disputa para a presidência, aponta Datafolha


No cenário em que o candidato tucano é Aécio Neves, Lula aparece com 21% da intenção dos votos. Marina Silva tem 19%.
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e a ex-senadora Marina Silva (Rede Sustentabilidade) lideram as pesquisas de intenções de voto para presidência da República. Pesquisa Datafolha traçou quatro cenários, com diferentes nomes de candidatos do PSDB. 
O senador mineiro Aécio Neves aparece com porcentual maior de votos do que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, e do que o senador paulista José Serra. 
A margem de erro da pesquisa é de dois pontos para cima ou para baixo. Foram ouvidas 2.779 pessoas entre os dias 7 e 8 de abril.
No cenário em que o candidato tucano é Aécio Neves, Lula aparece com 21% da intenção dos votos. Marina Silva tem 19%, enquanto Aécio Neves aparece com 17% dos votos. Marina está empatada tecnicamente com Lula e com Aécio. 
O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), com 8% dos votos, e o ex-ministro Ciro Gomes (PTD), com 7% dos votos, também aparecem entre os mais votados. O vice-presidente Michel Temer (PMDB) teria 2% dos votos.
Em relação à última pesquisa, realizada nos dias 17 e 18 de março, Lula subiu quatro pontos porcentuais. Marina e Aécio oscilaram dois pontos porcentuais para baixo. Bolsonaro oscilou dois pontos para cima, sendo acompanhado por Ciro, com um ponto de variação, dentro da margem de erro.
No cenário 2, com o nome de Geraldo Alckmin, Marina aparece com 23% das intenções de voto, empatada tecnicamente com Lula (22%). Alckmin teria 9%, seguido por Ciro Gomes e Bolsonaro, ambos com 8%.
Marina ficou estável em relação à pesquisa de março, enquanto Lula ganhou cinco pontos porcentuais (pp). Alckmin oscilou 2 pp para baixo. Ciro oscilou um ponto para cima e Bolsonaro, dois pontos. Temer aparece com 2% da intenção dos votos.
O cenário 3, com o nome de José Serra, aponta Marina e Lula com 22% da intenção dos votos. Serra teria 11% dos votos. Bolsonaro e Ciro Gomes aparecem com 7%. Temer teria 2% dos votos.
Em relação ao mais recente levantamento até então, Marina oscilou dois pontos para baixo. Lula subiu 5 pontos porcentuais. Serra também oscilou 2 pp para baixo. Bolsonaro e Ciro Gomes ficaram estáveis.
Em um quarto cenário, no qual os três possíveis candidatos do PSDB estariam hipoteticamente na disputa, Lula lidera com 21% da intenção dos votos. Marina aparece em segundo lugar, com 16%. Aécio Neves teria 12% dos votos, seguido pelo juiz federal Sérgio Moro, com 8%. Serra e Alckmin aparecem empatados com 5%, atrás de Bolsonaro e Ciro Gomes, ambos com 6%. Nesse cenário, Temer teria apenas 1% dos votos.
Lula, nessa simulação, ganhou 4 pontos porcentuais. Marina oscilou 1 ponto para baixo, enquanto Aécio teve oscilação negativa de 2 pp. Moro, juiz responsável pela Operação Lava Jato, ficou estável.
Rejeição
Embora divida a liderança com Marina Silva em três dos quatro cenários propostos, Lula continua sendo o possível candidato com maior taxa de rejeição, em 53%. Aécio Neves aparece na sequência, com 33% de rejeição, seguido pelo vice-presidente Michel Temer, com 27%. A taxa de rejeição de Marina Silva está em 20%.
Nota de Blog
Aí se explica o grande interesse dos partidos PMDB e PSDB em cassar a presidenta Dilma através do impeachment, e não defender as novas eleições, pois, são consciente, que a única forma de assumir o poder é através do vice-presidente da República Michel Temer - PMDB, que amarga nas pesquisas com 2% da intenção de votos.

Comissão da Câmara analisa nesta segunda pedido de impeachment


A comissão especial da Câmara dos Deputados que analisa o pedido de impeachment da presidenta Dilma Rousseff  vota ainda hoje (11) o relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO), favorável ao impedimento. A previsão é de que às 10h tenha início a reunião, na qual 25 líderes terão a palavra antes de ser encaminhada a votação. Sendo ou não aprovado o parecer, ele será analisado pelo Plenário da Casa.
A expectativa é de que o relatório seja lido na primeira sessão plenária após a votação na comissão. Depois de lido, ele será publicado, o que deve ocorrer quarta-feira (13), dando início ao prazo de 48 horas para que seja votado pela plenária. Com isso, as discussões serão iniciadas sexta-feira (15) e a previsão é de que a votação seja concluída no domingo (17).
Na última sexta-feira (8), o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, disse que a discussão tenderá a ser lenta. “Oimpeachment do Collor foi feito em dois dias. São 513 parlamentares, o que pode resultar em oito horas de votação. Prevejo, no mínimo, três dias de sessão. Não quer dizer que vá acabar no domingo. Pode acabar na segunda. Isso já aconteceu várias vezes na Casa”.

quinta-feira, 7 de abril de 2016

Ministro Gilmar Mendes é eleito presidente do TSE

Carlos Humberto./SCO/STF
No dia 3 de fevereiro deste ano, o Supremo Tribunal Federal reconduziu o ministro Gilmar Mendes para a vaga de ministro titular do TSE.
O Plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) elegeu, na sessão administrativa desta quinta-feira (7), o ministro Gilmar Mendes para suceder o ministro Dias Toffoli como presidente da Corte Eleitoral. Na mesma sessão, o ministro Luiz Fux foi eleito vice-presidente do Tribunal na futura gestão. A posse do ministro Gilmar Mendes na Presidência do TSE ocorrerá no próximo dia 12 de maio.
No dia 3 de fevereiro deste ano, o Supremo Tribunal Federal (STF) reconduziu o ministro Gilmar Mendes para a vaga de ministro titular do TSE, devido ao encerramento do seu primeiro biênio como titular da Corte Eleitoral.
Homenagens
Após a eleição no Plenário, o presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, fez um breve discurso e destacou seus sentimentos de alegria, honra e satisfação por ter o ministro Gilmar Mendes como seu sucessor na presidência do TSE.
“A história de vossa excelência nos órgãos públicos pelos quais passou, em importantes cargos da República, demonstra que, em todos eles, vossa excelência inovou, aprimorou e criou ritos institucionais republicanos, pondo fim à cultura de personalismo. Sempre foi vocacionado a institucionalizar práticas”, disse Toffoli.
Ele acrescentou que em todas as funções que o ministro Gilmar Mendes já exerceu, sempre procurou implementar políticas públicas das mais importantes para a cidadania e para o Estado brasileiro. Disse ainda que a presidência do ministro Gilmar Mendes será motivo de segurança para todos os ministros, os juízes dos Tribunais Regionais Eleitorais e juízes eleitorais, uma vez que exercerá o difícil e trabalhoso processo de presidir as maiores eleições do mundo com a previsão de mais de 500 mil candidatos, as quais ocorrerão no mês de outubro deste ano.
“Tenho certeza de que, ao lado de vossa excelência, o ministro Luiz Fux será fonte de auxílio e de inspiração e uma mão direita, assim como vossa excelência foi pra mim na organização destes trabalhos. É com muita alegria e incontida emoção que presidi a eleição de vossa excelência para comandar o TSE pela segunda vez”.
Agradecimento
O presidente eleito do TSE agradeceu a confiança nele depositada e as palavras do ministro Dias Toffoli.  “Senti-me extremamente honrado em retornar a esta Casa e ter atuado como seu vice-presidente, podendo colaborar nessa profícua e marcante gestão, que todos nós temos a satisfação de reconhecer”, disse ele ao destacar que a gestão do ministro Toffoli no TSE coincidiu com uma fase extremamente difícil do país e, nesse contexto, ele soube não apenas manter o papel da Justiça Eleitoral, mas tomou providências importantes no sentido do aprimoramento de todo o sistema. Nesse sentido, citou a criação do Registro Civil Nacional (RCN), iniciativa que propõe a identificação unificada do cidadão brasileiro e, segundo destacou o ministro Gilmar, contribuirá para “uma racionalidade de todo o sistema de identificação no Brasil, uma vez que, sabemos, há uma grande dificuldade de fazer esse trabalho por razões diversas, o que dificulta a segurança pública”. Ele destacou que o ministro Toffoli promoveu esse debate juntamente com o Executivo e Legislativo, promovendo uma discussão entre os três poderes da República.
“Só por essa iniciativa já teria dado uma grande contribuição ao Brasil. Para além disso, conduziu com mãos firmes e perspicácia a Justiça Eleitoral e isso não nos surpreende porque é a extensão do trabalho que desempenha tão bem no Supremo Tribunal federal (STF)”, finalizou o ministro Gilmar Mendes ao destacar que ao ser eleito se sente tranquilo por ter o ministro Luiz Fux como vice.
“Todos nós reconhecemos a sua capacidade de trabalho, de integração e de criar um ambiente harmonioso. Isso é fundamental num período em que estamos vivendo tensões exacerbadas. Gostaria de dizer que muito me honra estar nessa condição de presidente tendo como vice o ministro Luiz Fux, que tem contribuído para o bom desenvolvimento da jurisprudência dessa Corte eleitoral”, ponderou.
Vice-presidente
Por sua vez, o ministro Luiz Fux também agradeceu as palavras e se comprometeu a caminhar sempre junto com o vice-presidente para o bem da Justiça Eleitoral. Ao ministro Dias Toffoli ele fez referência à eficiência e probidade com que conduziu o TSE. “Tenho como certo que teremos uma tarefa muitíssimo facilitada pelo legado que vossa excelência deixa”, finalizou.
O vice-procurador-geral Eleitoral, Nicolao Dino, emitiu seus cumprimentos ao ministro Gilmar Mendes e também ao ministro Luiz Fux “com a certeza de que suas excelências trarão para o TSE toda experiência adquirida ao longo de exitosas trajetórias profissionais e conduzirão com maestria essas eleições próximas de dimensões continentais”, finalizou ele ao desejar sucesso e sorte, além de se dispor a colocar o Ministério Público Eleitoral como ponte para o melhor encaminhamento das questões que chegarem ao TSE.
Advogados
Sidnei Neves falou em nome da advocacia e afirmou que, além de ser um ministro admirável, Gilmar Mendes “é um professor para todos nós”. Segundo ele, a classe dos advogados está pronta para contribuir com o trabalho de sua excelência na direção desta Casa. “O jurisdicionado como um todo fica feliz de ter vossa excelência como futuro presidente desta Corte”, finalizou.
Perfil
Mato-grossense de Diamantino, o ministro Gilmar Mendes é doutor em Direito pela Universidade de Münster, na Alemanha, e mestre em Direito e Estado pela Universidade de Brasília (UnB). Assumiu o cargo de ministro no STF em 2002, e presidiu a referida Corte de 2008 a 2010. Também exerceu o cargo de advogado-geral da União de 2000 a 2002, além de ter atuado como subchefe para Assuntos Jurídicos da Casa Civil da Presidência da República de 1996 a 2000 e ter sido procurador da República de 1985 a 1988, entre outros cargos públicos.
Composição
O TSE é composto por, no mínimo, sete ministros titulares, sendo três oriundos do STF, dois representantes do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e dois da classe dos advogados.

Doações da Andrade Gutierrez ao PT e Dilma beneficiaram Fátima Bezerra

Campanha da senadora recebeu do PT e de Dilma.
Campanha da senadora recebeu do PT e de Dilma.
A campanha da senadora Fátima Bezerra recebeu recursos do comitê da campanha da presidente Dilma Rousseff e da direção nacional do PT com vinculação expressa à construtora Andrade Gutierrez.
Nesta quinta-feira, reportagem do jornal Folha de S.Paulo informa que a empreiteira lavou dinheiro da propina dos esquemas na Petrobras e no setor elétrico doando de forma legal à campanha da presidente Dilma Rousseff e ao PT.
As informações foram obtidas nos documentos da delação dos executivos da empreiteira, ainda mantidos sob sigilo. Ao todo, a Andrade Gutierrez doou diretamente a Dilma R$ 20 milhões.
Já doações indiretas, aquelas em que a construtora passou para o PT e esse, por sua vez, redistribiu para a campanha da presidente, somaram R$ 1,025 milhão. De acordo com a delação dos executivos, R$ 10 milhões desses montantes foram de propinas.
No mesmo período, o comitê da campanha da presidente Dilma Rousseff repassou à campanha da senadora Fátima Bezerra. Ao todo, foram oito repasses que totalizaram R$ 369,978,00.
Todas as doações foram feitas em ao longo de setembro, depois que a Andrade Gutierrez repassou exatamente R$ 10 milhões à campanha de Dilma em 29 de agosto de 2015. Já do diretório nacional do PT, com recursos da Andrade Gutierrez, a campanha de Fátima recebeu uma doação de R$ 425 mil reais.
As doações da campanha de Fátima estão todas registradas no site da Justiça Eleitoral. A reportagem contatou a assessoria de imprensa da senadora para repercutir o assunto e aguarda posicionamento.

STF nega recurso de Cunha e delator da Lava Jato vai depor no Conselho de Ética

Ação de Eduardo Cunha para impedir que investigados na Operação Lava Jato prestem depoimento no Conselho de Ética foi negada pelo STF.
A ministra do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, negou hoje (7) liminar (decisão provisória) no mandado de segurança apresentado pela defesa do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha. Ontem (6), advogados de Cunha entraram no STF com uma ação para impedir que investigados na Operação Lava Jato prestem depoimento como testemunhas de acusação no processo no Conselho de Ética da Casa.
A ação chegou ao STF depois que os integrantes do Conselho de Ética pediram ao ministro Teori Zavascki, do STF, autorização para que delatores da operação prestem depoimento ao conselho.
Segundo a defesa de Cunha, a investigação no conselho trata de suposta declaração falsa dada pelo presidente da Câmara à Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras sobre a titularidade de contas não declaradas na Suíça. Para a defesa de Cunha,  os delatores são "suspeitos e impedidos" de atuar na representação porque pretendem se beneficiar criminalmente e não têm relação com o processo disciplinar.
Testemunhas
Na decisão, a ministra Cármen Lúcia disse que não cabe ao Poder Judiciário fazer análises sobre as testemunhas. "Também não é possível ao Poder Judiciário assumir presunção sobre a incapacidade de testemunhas arroladas para esclarecer fatos que possam corroborar, ou não, os elementos indiciários que tenham sido eventualmente apurados pelo Conselho de Ética e Decoro Parlamentar", disse. Acrescenta que não há como afirmar que os delatores sejam "suspeitos e impedidos".
"Tampouco haveria como afirmar a suspeição ou impedimento de testemunhas que respondem a processos criminais na Justiça Federal pela circunstância de terem interesse em manter a versão de fatos antes apontados e assegurar os benefícios decorrentes de colaborações premiadas celebradas com o Ministério Público Federal", diz a ministra. Ela afirmou, ainda, que o valor da palavra das testemunhas diz respeito apenas à "autoridade competente para ouvi-las".
Com a decisão, fica mantido para hoje (7) o depoimento  de Leonardo Meireilles, proprietário do Laboratório Labogen, que, durante investigação da Operação Lava Jato, afirmou à Justiça do Paraná ter como comprovar transferências para contas de Eduardo Cunha. O Conselho de Ética pretende ouvir, também, os lobistas Fernando Baiano e Júlio Camargo.

Matéria que comparou Dilma a "Maria, a Louca" gera polêmica e é chamada de "machista"


Matéria da revista IstoÉ dizia que a presidente Dilma Rousseff estaria passando por "sucessivas explosões nervosas"Dida Sampaio/16.03.2015/Estadão Conteúdo
"Uma peça de ficção". Foi dessa forma que o Palácio do Planalto qualificou a reportagem de capa da revista IstoÉ desta semana, segundo a qual a presidente Dilma Rousseff sofre de "sucessivas explosões nervosas", está "mais agressiva do que nunca" e perdeu "as condições emocionais para conduzir o país".
Em nota publicada no final de semana, a assessoria da presidente disse que a reportagem é "escandalosa, leviana, sexista, covarde e risível" e afirmou que a Justiça será acionada no caso.
— Fazer isso seria tratar como jornalismo o que não é; seria conferir respeito ao que, no fundo, é inqualificável; seria pensar que algo ali pode ser crível e confiável, o que está muito longe de ser.
A reportagem, assinada pelos repórteres Sérgio Pardellas e Débora Bergamasco, afirma que Dilma está passando por "sucessivas explosões nervosas" e que a presidente estava sendo medicada com dois remédios: Rivotril e Olanzapina — usados por pacientes que enfrentam doenças psicológicas.
Segundo a publicação, "não é exclusividade de nosso tempo e nem de nossas cercanias que, na iminência de perder o poder, governantes ajam de maneira ensandecida e passem a negar a realidade".
A reportagem cita os estudos do psiquiatra britânico Francis Willis, que "se especializou no acompanhamento de imperadores e mandatários que perderam o controle mental em momentos de crise política".
Seus métodos, contudo, não teriam funcionado "com a paciente Maria Francisca Isabel Josefa Antónia Gertrudes Rita Joana de Bragança, que a história registra como 'Maria I, a Louca'".
"O psiquiatra observou que os sintomas de sandice e de negação da realidade manifestados por Maria I se agravaram na medida em que ela era colocada sob forte pressão. 'Maria I, a Louca', por exemplo, dizia ver o 'corpo' de seu 'pai ardendo feito carvão', quando adversários políticos da Casa de Bragança tentavam alijá-la do poder. Nesses momentos, seus atos de governo denotavam desatino, como relatou doutor Willis: 'proibir a produção de vinho do Porto na cidade do Porto'. Diante desse quadro, era preciso que ocorresse o seu 'impedimento na Coroa'", diz a publicação.
A revista afirma que Dilma está ainda mais agressiva com seus subordinados. "Desde o primeiro mandato de Dilma, um importante assessor palaciano dedicou-se a registrar num livro de capa preta as reprimendas aplicadas por Dilma em seus subordinados. Ele deixou o governo recentemente por não aturar mais os insultos da presidente. A maioria injustificável, em sua visão. No caderno, anotou mais de 80 casos ocorridos entre 2010 e 2016. Entre eles, há o de um motorista que largou o automóvel presidencial no meio da Esplanada dos Ministérios depois de ser ofendido compulsivamente pela presidente e ameaçado de demissão por causa de um atraso. 'Você não percebeu que não posso atrasar, seu m... Ande logo com isso senão está no olho da rua', atacou Dilma".
Segundo a publicação, "consta também das anotações os três pedidos de demissão de Anderson Dornelles, que deixou o Planalto no último mês sob fortes suspeitas de ser sócio oculto de um bar localizado no estádio Beira-Rio de propriedade da Andrade Gutierrez. Nas vezes em que ameaçou deixar o governo, alegou cansaço dos destratos da presidente. 'Menino, você não faz nada direito!', afirmou ela numa das brigas".
Até o ex-ministro da Justiça e atual ministro da Advocacia-Geral da União, José Eduardo Cardozo, "também já experimentou a fúria da presidente", continua a publicação. "A irritação, neste caso, derivou das revelações feitas pelo empresário Ricardo Pessoa, da UTC, sobre as doações a sua campanha à reeleição em 2014. Participaram dessa reunião convocada pela presidente, além de Cardozo, os ministros Aloizio Mercadante, Edinho Silva e o assessor especial Giles Azevedo. Na frente de todos, Dilma cobrou Cardozo por não ter evitado que as revelações de Ricardo Pessoa se tornassem públicas dias antes de sua visita oficial aos Estados Unidos, quando buscava notícias positivas para reagir à crise. 'Você não poderia ter pedido ao Teori (Zavascki) para aguardar quatro ou cinco dias para homologar a delação?', perguntou Dilma referindo-se ao ministro que conduz os processos da Lava Jato no STF. 'Cardozo, você fodeu a minha viagem', bradou a presidente".
Reação
A edição da revista caiu como uma "bomba" nas redes sociais, levantando debates acalorados. No Twitter, a hashtag #IstoÉmachismo entrou para a lista dos assuntos mais comentados do dia.
As ministras Nilma Lino Gomes, que comanda o ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos, e Eleonora Menicucci, que está à frente da Secretária de Políticas para as Mulheres, gravaram um vídeo criticando a postura da revista.
Nilma Gomes disse que se sente honrada de estar no governo da primeira mulher presidente do Brasil e critica a reportagem.
— Estereótipos de gêneros sempre foram usados para tentar atingir a dignidade e a importância das mulheres. Não passarão, isso é machismo. Isto é violência de gênero.
Eleonora Menicucci criticou a IstoÉ e disse que a resposta para isso é mais igualdade de gênero.
— Isto é sexista, isto é machista, isto é golpista. Somos contra todo tipo e qualquer violência contra as mulheres, principalmente quando essa violência se abate contra a presidenta da República.
A União Brasileira de Mulheres de Santa Catarina disse em sua conta no Facebook que a revista reforçou estereótipos sobre as mulheres.
— Isto É invoca e reforça o estereótipo machista de que as mulheres são descontroladas emocionalmente, irracionais, e, consequentemente, não estão talhadas para o exercício do poder político.
O coletivo feminista ThinkOlga, famoso pela campanha "Chega de fiufiu", também publicou um texto de repúdio e acusou a revista de estar praticando "GashLighting" que é uma violência emocional baseada na manipulação psicológica que leva a mulher e todos a seu redor acharem que ela enlouqueceu ou é incapaz.
— Em meio ao conturbado momento político que vivemos, essa é uma estratégia baixa e covarde para convencer a população de que Dilma não é confiável para estar no comando da nação por problemas psicológicos.
O deputado Jean Wyllys (PSOL-RJ) também usou sua conta no Facebook para criticar a reportagem.
— O apelo desesperado à misoginia feito pela Revista ISTOÉ na capa da sua atual edição é muito grave e, não por acaso, está em perfeita sintonia com os discursos machistas que a oposição de direita faz diariamente no parlamento e que são de embrulhar o estômago.
Autora da matéria já foi vítima do machismo
Uma das autoras da reportagem, a jornalista Débora Bergamasco, já foi alvo de críticas machistas neste ano. O motivo foi a capa da revista que vazou as delações de Delcídio do Amaral.
Um texto publicado no Diário do Centro do Mundo acusava a jornalista de ter conseguido o “furo” por ser amante de um homem próximo ao governo Dilma.
Um coletivo de mulheres que trabalham com audiovisual gravou um vídeo criticando a postura da Revista IstoÉ.
Assista:

Dividida, Rede lança hoje campanha 'Nem Dilma, nem Temer'

Líder nas pesquisas eleitorais, Marina Silva quer afastamento da chapa Dilma-TemerTomaz Silva/05.10.2014/Agência Brasil
Com a presença da ex-presidenciável Marina Silva, a Rede Sustentabilidade lança nesta terça-feira (5) a campanha "Nem Dilma, Nem Temer, Nova Eleição é a Solução". O ato, que será realizado no Hotel Nacional, em Brasília, a partir das 12h, prega a realização de novas eleições como solução para o impasse da crise política do País.
Apesar da campanha, a legenda chega dividida em seu primeiro grande teste no Congresso: a votação do impeachment da presidente Dilma Rousseff na Câmara.
Parte de seus deputados federais — como João Derly (RS) — deve votar pelo afastamento da presidente. Há pelo menos um — Alessandro Molon (Rede-RJ), que já se manifestou contrário ao afastamento de Dilma com base na ação iniciada pelo presidente da Casa, o deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Empreiteira afirma ter financiado campanhas de Dilma com propina, diz jornal

O comando da campanha da presidente Dilma Rousseff em 2014 negou, em nota encaminhada à Folha, qualquer irregularidadeAntônio Cruz/Agência Brasil
A empreiteira Andrade Gutierrez, envolvida no esquema de corrupção investigado pelaOperação Lava Jato, fez doações ilegais às campanhas da presidente Dilma Rousseff em 2010 e 2014 com o uso de propina de obras da Petrobras e do sistema elétrico, segundo o ex-presidente da empresa Otávio Marques de Azevedo
Reportagem do jornal Folha de S.Paulo desta quinta-feira (7) diz que o executivo fez a revelação em delação premiada que ainda precisa ser homologada pelo STF (Supremo Tribunal Federal), na qual detalhou os pagamentos em uma planilha entregue à Procuradoria-Geral da República.
O jornal acrescenta que cerca de R$ 10 milhões doados às campanhas de Dilma pela Andrade Gutierrez estão ligados à participação da empreiteira em contratos de obras públicas, de um total de R$ 20 milhões doados pela empresa.

Governo do RN convoca 993 professores e especialistas concursados

SEEC/ASSECOM
O Governo do Estado faz hoje (02) a convocação de 993 professores e especialistas em educação aprovados em concurso público realizado em 10 de janeiro deste ano. O decreto assinado pelo governador Robinson Faria está publicado na edição deste sábado do Diário Oficial.
Os convocados foram selecionados no concurso que teve início no mês de novembro de 2015, quando foi publicado o edital com 1.400 vagas, sendo 1.226 das vagas para professor de diversas áreas e 174 para suporte pedagógico. As provas foram realizadas, simultaneamente, no dia 10 de janeiro de 2016, em 16 municípios: Natal, Parnamirim, Nova Cruz, São Paulo do Potengi, Ceará-Mirim, João Câmara, Macau, Santa Cruz, Angicos, Currais Novos, Caicó, Assu, Mossoró, Apodi, Umarizal e Pau dos Ferros.
A jornada de trabalho dos aprovados será de 30 horas semanais para as seguintes funções: professor de Arte; Arte - Música; Ciências Biológicas; Educação Física; Filosofia; Física; Geografia; História; Língua Espanhola; Língua Inglesa; Língua Portuguesa; Matemática; LIBRAS - professor; Pedagogia – Educação Especial; Química; Ensino Religioso; e Sociologia.
O governador Robinson Faria afirma que a convocação é resultado de um grande esforço da administração estadual para melhorar a educação no Rio Grande do Norte. “O momento é de dificuldades, todos sabemos, mas o nosso Governo vem trabalhando com determinação e agilidade para atender as necessidades da população. Realizamos este concurso que vai suprir as vagas na rede estadual e melhorar a qualidade do ensino. Isso mostra, mais uma vez o compromisso com os estudantes, com suas famílias e com os educadores que desde o ano passado veem recebendo o pagamento das promoções a que tem direito, mas era negado, e pagamos também o piso salarial nacional da categoria”, ressaltou Robinson Faria.
Segue o link com a listagem dos convocados, clique aqui. (listagem em PDF)
INSPEÇÃO MÉDICA ADMISSIONAL
Os convocados devem procurar a Comissão Permanente de Inspeção Médica Oficial, situada na sede da EMATER/RN, Centro Administrativo do Estado- BR 101, Km 0, Lagoa Nova –CEP: 59064-901- Natal/RN, para agendar atendimento através do telefone (84) 3232-1056 no horário de 8h às 12h.
A documentação para a contratação consta da publicação no Diário Oficial deste sábado e deve ser entregue nas Direcs para as quais os aprovados se inscreveram.

- See more at: http://www.educacao.rn.gov.br/Conteudo.asp?